2018 Global Study on AI in the Hospitality Industry

Os especialistas em hotelaria da Mazars, em conjunto com especialistas internacionais, apresentam um Estudo Global sobre a utilização de Inteligência Artificial no setor Hoteleiro.

Novas tecnologias relacionadas com Inteligência Artificial parecem prestes a modificar drasticamente o modo como o setor da Hotelaria vai operar no futuro, revolucionando a experiência do cliente e otimizando processos de negócio. Contudo, as empresas do setor devem estar conscientes das diferenças quanto às expectativas dos clientes. As distinções são também observadas relativamente aos tipos de aplicação de IA preferidos, e, finalmente, à disponibilidade para partilhar dados no sentido conseguir experienciar esta tipologia de serviços.

“Dependendo da origem dos viajantes, verificam-se fortes disparidades em termos da experiência e expectativas relacionadas com a IA durante a estadia numa unidade hoteleira. Por exemplo, a IA encontra-se muito mais ancorada nos hábitos dos turistas Chineses que dos turistas Ocidentais. Adicionalmente, a informação pessoal constitui um elemento crucial para a IA e machine learning. O setor hoteleiro deve procurar garantir aos seus clientes a segurança dos seus dados para que estes se sintam confortáveis em partilhá-los e, em última análise, receber a melhor experiência de IA possível.”  

- Cédric Haaser, Partner, Group Innovation and Technology Leader na Mazars

A nossa pesquisa é primária e secundária, e inclui um questionário desenvolvido pela YouGov, que compara as tendências e expectativas associadas à IA de turistas em 5 países: EUA, China, França, Alemanha e Reino Unido.

O nosso questionário sugere que existem claros contrastes nacionais quanto às experiências e expectativas dos clientes relacionadas com a utilização de IA. Aborda igualmente quão confortáveis e disponíveis em partilhar a sua informação, um elemento crucial para IA e machine learning. Adicionalmente, especialistas com diferentes backgrounds, profissionais em hotéis, na área das viagens e no setor de luxo, partilham os seus pontos de vista sobre o modo como a IA se encontra a transformar a sua atividade.

OS PRINCIPAIS ELEMENTOS DE IA QUE OS TURISTAS GOSTARIAM DE ENCONTRAR:

O relatório mostra que os níveis de inovação sustentada em tecnologia se encontram incrivelmente elevados no momento atual e, face aos limites da utilização de big data ainda por explorar, parece que o setor da hotelaria se encontra apenas no início de uma nova etapa. De quartos de hotel inteligentes a chatbots, o setor hoteleiro possui um horizonte alargado de inovações baseadas em inteligência artificial.

Leia o estudo na íntegra e explore as tendências identificadas.