Estimular o potencial de inovação empresarial em África

A transformação de África, impulsionada pelo empreendedorismo e pela inovação, está a ganhar velocidade.
Ao permitir um maior acesso a novas ideias, conhecimentos e tecnologias, a revolução digital desempenha um papel fundamental na inovação neste continente.

Este movimento vai para além do conceito de salto tecnológico, muito badalado nos últimos anos. África já não é um continente que procura "recuperar o atraso" através da inovação. Está a inventar o seu próprio modelo e a gerar soluções inovadoras e pragmáticas para dar resposta aos seus próprios desafios de desenvolvimento e crescimento.Depois de 15 anos de crescimento sustentado, África enfrenta agora ventos menos favoráveis. Os níveis de crescimento da última de década, baseados principalmente na exploração de recursos naturais, deram lugar a uma expansão mais moderada. Além disso, o ressurgimento de fragilidades relacionadas com o excesso de endividamento e desequilíbrios orçamentais tornam claro que questões como o desenvolvimento estrutural, a diversificação, industrialização, competitividade e as boas práticas de governance não foram ainda corretamente apreendidas pelas economias africanas.

É neste contexto que se torna necessário “Repensar o modelo económico de África”. Foi este o mote para a 5ª edição do Africa CEO Forum, onde a Mazars esteve presente, pelo terceiro ano consecutivo, como parceiro convidado.

Downloads

Share